Quais as diferenças entre cooktop elétrico, por indução e a gás?

Os cooktops estão cada vez mais presentes nas cozinhas do Brasil. Os consumidores estão se rendendo às vantagens que a tecnologia traz para o preparo das refeições. Se você está pensando em adotar um, é importante saber as diferenças entre os cooktops elétrico, por indução e a gás.

Os cooktops elétricos e por indução têm como principal característica o fato de não produzirem chamas e, por isso, não dependerem de gás para seu funcionamento. Apesar dessa primeira semelhança, é importante destacar que os dois possuem, sim, bastante diferença no processo de produção de calor e no cozimento dos alimentos.

Pensando nisso, nós, da Webcontinental, resolvemos explicar melhor como é o funcionamento de cada um desses tipos de cooktop para que você entenda as diferenças. Confira!

O que são cooktops?

É um modelo de fogão em que as bocas ficam separadas do forno. Foram desenvolvidos com tecnologias diferentes dos tradicionais, além de serem mais práticos e modernos. O funcionamento do modelo a gás é semelhante ao fogão comum. As principais diferenças estão entre os elétricos e os de indução. 

Como funciona o Cooktop Elétrico

O cooktop elétrico precisa de energia elétrica para o funcionamento, ele conta com resistências elétricas no lugar das bocas que, ao serem ligadas, esquentam rapidamente

Essa rapidez no aquecimento é justamente uma das vantagens desse tipo de cooktop, já que ele permite cozinhar os alimentos com bastante agilidade e controle de temperatura. No entanto, é preciso um pouco de cuidado para evitar acidentes, já que a superfície pode demorar um pouco a esfriar após o uso. Porém, seu consumo de energia vai aumentar.

Além disso, para não danificar a estrutura desses cooktops, é permitido somente o uso de panelas com fundo plano (reto) e de material reforçado (por exemplo, panelas de aço). Materiais menos resistentes, como vidro ou cerâmica, não devem ser usados no cooktop.

E como funciona o cooktop por indução?

O cooktop por indução também pode ser considerado elétrico, pois é ligado na tomada, mas seu funcionamento é diferente: ao invés de resistências, ele utiliza indução eletromagnética. Ou seja, um campo eletromagnético é gerado na parte interna da superfície, produzindo calor que é direcionado diretamente para o fundo da panela, cozinhando o alimento sem perda de temperatura.

Para oferecer mais segurança, o cooktop por indução funciona apenas quando uma panela está em sua superfície. E quando você a retira, o cooktop começa a esfriar de forma rápida e automática. Esse modelo de cooktop é um pouco mais caro que os elétricos e os a gás, e também necessita de panelas especiais (panelas magnéticas com fundo de aço, multicamada ou ferro fundido).

Então, qual cooktop escolher?

No fim das contas, tudo vai depender da sua preferência e o quanto você deseja investir em um cooktop, já que há uma diferença razoável de valor entre os modelos. Ambos possuem diversas opções de designs, funcionalidades e capacidades.

Um detalhe deve ser levado em conta: o consumo de energia elétrica. Cooktops elétricos e por indução diminuem seu gasto com o gás, mas aumentam sua conta de luz. Ou seja, você troca de fonte de alimentação, mas no final das contas, é provável que continue gastando quase a mesma coisa.

Outra particularidade é que o cooktop elétrico, por indução ou a gás – são ideais para cozinhas planejadas. Para a sua instalação, é importante que os móveis da cozinha estejam bem posicionados e próximos de materiais resistentes ao calor. Verifique sempre o manual do produto e faça a instalação com um profissional.

Agora você já consegue decidir qual a melhor escolha a partir das diferenças entre os cooktops elétricos e por indução! Confira nossos modelos de cooktops aqui na WebContinental e garanta as melhores condições de pagamento!

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com