Cozinha Dicas

Tipos de panelas: saiba mais sobre cada modelo

colorful-healthy-coucous-dinner-picjumbo-com
Escrito por WebContinental

Cozinhar é uma arte e para elaborar uma obra prima gastronômica na sua cozinha, você precisa contar com os instrumentos certos – e um dos principais é justamente a panela.

Além dos diversos modelos existentes no mercado (de pressão, frigideira, caçarola etc), também é fundamental conhecer os materiais em que o acessório é confeccionado, porque cada um tem suas características e, consequentemente, usos mais indicados. Abaixo você descobre mais sobre os principais tipos de panela para equipar seu arsenal culinário!

Veja os mais utilizados modelos de panela.

Os principais tipos de panela e seus usos

Desde a sua invenção, a panela passou por muitas melhorias, inovações e variações que hoje culminam na grande diversidade que esse utensílio apresenta. Os principais modelos têm confecção que variam entre metais, aços, vidro, cerâmica, entre outros materiais.

Conheça os utensílios de cozinha que não podem faltar no seu lar.

Alumínio

Panelas de alumínio

Fonte: WebContinental

 

A panela de alumínio é um dos modelos mais utilizados por sua versatilidade e fácil limpeza. Esse modelo é leve, resistente, conserva o sabor dos alimentos e pode ser utilizada para o preparo de diversas receitas, como frituras (especialmente as feitas em imersão), doces, refogados, entre outros.

Embora não seja o tipo de panela mais durável entre todas, é sem dúvida uma das mais versáteis. No entanto, vale ter atenção com a limpeza e a utilização dela, pois o alumínio pode se desprender e acabar contaminando a comida. Para evitar isso, tire os alimentos ainda quentes da panela e lave-a sem utilizar esponja de aço.

Aço inox

Panelas de aço inox

Fonte: Pinterest

Esse material começou sendo muito utilizado em cozinhas profissionais mas atualmente já é figurinha carimbada na cozinha de quase todo mundo. Isso acontece porque o aço inox (ou inoxidável) conta com uma série de características positivas:

  • mantém a temperatura por mais tempo;
  • não altera o gosto da comida;
  • distribui o calor igualmente por toda a sua superfície;
  • mantém essa temperatura por mais tempo (e assim economiza gás);
  • é fácil de limpar;
  • e tem muita durabilidade (não enferruja)!

Sua utilização mais vantajosa é no preparo de receitas que são cozidas por muito tempo, mas ela também pode ser utilizada em muitas outras. A única ressalva é com relação às frituras. As panelas de inox são compatíveis com fogões elétricos, a gás, de indução e vitrocerâmicos, e merecem atenção com a limpeza para que não fiquem escurecidas.

Antiaderente

Frigideira antiaderente

Fonte: WebContinental

Os modelos antiaderentes são verdadeiras paixões de quem adora cozinhar. Versáteis e muito práticas, essas panelas, como a frigideira antiaderente:

  • tornam o preparo da comida mais rápido;
  • evitam que os ingredientes grudem na superfície da panela;
  • têm limpeza fácil;
  • possibilitam que você cozinhe sem utilizar óleo (para pratos mais leves);
  • e esse modelo costuma ter design mais atraente e estrutura bastante resistente.

Já com relação aos aspectos negativos, se destaca o cuidado com a saúde, pois a confecção da panela utiliza algumas substâncias, justamente as que a tornam antiaderente, que podem fazer mal à saúde.

Para evitar isso, limpe a panela com esponjas macias e utilize utensílios de madeira, plástico, silicone etc, que não causam arranhões nem riscos na superfície. Além disso, ao perceber qualquer tipo de dano à camada antiderrapante, descarte a panela.

Ferro

Panela de ferro

Fonte: Pinterest

Resistentes, ótimas condutoras de calor e muito eficientes em manter a temperatura, as panelas de ferro são modelos clássicos – quem não se lembra de uma dessas no preparo de um almoço em família de domingo? – e muito úteis. São perfeitas para receitas que demandam um grande período de cozimento lento, como sopas, caldos, molhos, assados, ensopados e cozidos.

As características negativas da panela de ferro são os preços mais elevados e do seu peso maior – o que pode causar dificuldades para algumas pessoas. Além disso, é preciso destacar também o cuidado que se deve ter com a ferrugem, pois cozinhar com panelas enferrujadas traz grandes malefícios à saúde. Para evitar isso, seque o utensílio assim que ele for lavado.

Cobre

Panelas de cobre

Fonte: Pinterest

Usada durante muito tempo, a panela de cobre é um item que costumava passar de geração para geração – pois a durabilidade dela é gigante – e enfeitar as cozinhas com seu visual bem característico. Ela também é muito apreciada pois aquece de forma uniforme e rápida.

No entanto, atualmente se sabe que o cobre pode se desprender durante o preparo de alimentos com o sal e/ou ácidos (por exemplo, tomate, limão, vinagre, entre outros).

Além disso, a manutenção desse tipo de panela costuma dar trabalho e demanda polimento frequente. A boa notícia é que para remediar esses dois problemas é possível contar com modelos revestidos internamente de inox ou aço antiaderente.

Titânio

Frigideira de titânio

Fonte: Pinterest

Esse é o material mais moderno e completo entre as panelas de aço. Utilizado na indústria, o titânio permite o preparo de receitas (especialmente para grelhar, refogar ou fritar) com rapidez e sem nenhuma possibilidade de contaminação. Além disso, esse modelo de panela não precisa de nenhum cuidado especial com sua manutenção e limpeza e também são antiaderentes.

Como pontos que pesam contra a panela de titânio, estão seu custo mais elevado (justamente por ser um modelo mais recentes e feito com material industrial) e a incompatibilidade com utensílios de alumínio ou ferro, pois eles podem riscar a superfície da panela.

Cerâmica

Panelas de cerâmica

Fonte: Pinterest

Embora ainda existem aqueles modelos antigos – bem menos eficientes e acessíveis -, atualmente a panela de cerâmica moderna é feita com um material também chamado de barro vitrificado. Esse modelo é apropriado para receitas do dia a dia e é especialmente indicado para aquelas preparadas com cozimento lento, pois o utensílio aquece rapidamente e não traz riscos de contaminação.

Além disso, a panela de cerâmica é muito durável, no entanto, costuma ser frágil à choques. Ela tem limpeza fácil e possui ainda uma grande variedade de estilos de acabamento – inclusive com modelos coloridos.

Barro

Panela de barro

Fonte: Pinterest

A panela de barro é muito utilizada em pratos típicos, como moquecas, caldos, vatapá e outras receitas preparadas com peixes e frutos do mar. Acredita-se que ela confere um sabor especial que cai muito bem com essas comidas.

No entanto, os aspectos negativos desse tipo de panela ficam por conta da sua fragilidade, tamanho avantajado, peso e preço. Ela também necessita de uma limpeza criteriosa que não deixe nenhum resíduo de comida em seu interior sempre que for utilizada.

Vidro

Panela de vidro

Fonte: Uol

Para quem teme que algum resíduo metálico ou de outro material acabe passando para a comida durante o preparo (e consequentemente fazendo mal para a saúde), a panela de vidro é o modelo ideal.

Isso porque ela não tem nenhuma possibilidade de transmitir resíduos para os alimentos, é muito versátil, proporciona preparo rápido – aquece em pouco tempo e conduz calor -, é fácil de limpar e ainda possui visual único que inclusive facilita acompanhar o andamento da comida. Por outro lado, costumam ser mais pesadas, fŕageis e com preço mais elevado.

Confira os 3 eletrodomésticos que deixam a cozinha mais prática

Com tantos tipos de panela, opções não faltam para você preparar diversas delícias com praticidade, facilidade e segurança alimentar. E para encontrar exatamente aquela que você quer e o que mais sua cozinha precisa, conte com a WebContinental: temos as melhores condições de pagamento do mercado!

Sem muito espaço? Saiba como montar uma cozinha compacta!

Sobre o autor

WebContinental

Deixe um comentário

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com